Login
Nº Sócio
Pin
    
 

Triatlo Longo de Ponta Delgada


Relato do Associado Carlos Abrunhosa


No passado dia 5 de novembro participei, em representação do Clube, no Triatlo Longo de Ponta Delgada. A principal motivação era ter a oportunidade de cumprir as 3 modalidades que compõem o triatlo, naquele que é, para mim, um verdadeiro paraíso. Cada vez mais, associar a prática desportiva com a componente turística, é a minha preferência!

Primeira experiência com transporte da bike por avião, algum stress adicional, onde tudo correu bem (sem quaisquer custos adicionais via SATA). No entanto, quando cheguei ao automóvel alugado, a mala da bike não cabia na bagageira do mesmo... e não havia viatura maior disponível! Bom, duas viagens para o local de alojamento (Caloura - local lindo!) e está resolvido.

No briefing que antecedeu a prova, maiores preocupações com o segmento da bicicleta (cerca de 86 km onde era anunciado uma altimetria de +1980m), possibilidade de alguma chuva, estradas abertas ao trânsito, e alerta muito peculiar... ”cuidado com as bostas das vacas!!! Se a roda da frente lá vai... chão na certa!".

Bom, concluída a natação 38 minutos depois da partida (na zona da marina de Ponta Delgada com 22 graus de temperatura), foi maravilhoso pedalar naquelas paisagens. Nem chuva, as vacas mantiveram-se nos respetivos pastos, todos os cruzamentos com reforço policial, militar e escuteiros, e uma altimetria que acusou no final +1100m! 3 horas e 3 minutos depois estava concluída! Agora, apenas faltavam 21 km percorridos em 1 hora e 44 minutos numa marginal, com duas "lombas" mais pronunciadas e que feitas em 4 voltas, reforçavam algum desgaste. 5h30´ depois estava concluída a prova.

Uma vez mais, tudo correu bem! Prova bem organizada, abastecimentos adequados, pena poucos participantes (cerca de 80 na Prova Longa e cerca de 40 na Prova Sprint) e um público ainda longe de estar envolvido neste tipo de eventos. O potencial está lá e para o ano esta prova fará parte da Taça Ibérica, tendo outra visibilidade.

Evento a repetir... numa ilha que continua a encantar-me!

Publicado em 28/11/2017