Login
Nº Sócio
Pin
    
 

Visita ao Palácio Galveias em Lisboa


Residência de Verão dos Marqueses de Távora, ao tempo em que os limites da cidade ficavam próximo do que hoje são os Restauradores


Quando da sua construção, toda a zona da cidade que hoje conhecemos pela Avenida da República, e limítrofes, eram quintas de veraneio com alguma agricultura e, dizia-se, que este palácio estava localizado no Campo Grande.

Resultado do processo dos Távoras, foi o dito expropriado tendo, anos mais tarde, sido adquirido pelo Conde de Galveias, tomado assim o nome do seu novo proprietário. Neste palácio está hoje sediada a principal biblioteca da rede BLX de Lisboa.

E foi num misto de palácio e biblioteca que a Doutora Anabela Santos, técnica superior daquela biblioteca, nos recebeu, com muita simpatia, para uma visita.

Começou a nossa guia por nos fazer uma resenha histórica daquele palácio, pese embora haver pouca informação documental sobre o mesmo. E porque o mesmo esteve em obras de restauro até há poucos meses, fez-nos, a Dra. Anabela, também um relato do trabalho que ali foi feito.

Seguiu-se a visita às salas, em silêncio quase absoluto, pois estando a biblioteca em pleno funcionamento não era de todo lógico que fôssemos incomodar quem ali estava em momentos de estudo. São dignos de nota a escadaria de acesso ao primeiro andar, os diversos painéis de azulejos, bem como as pinturas dos tetos, principalmente do salão principal. Também fomos ver, passando pela escada de pedra em caracol, o aproveitamento, quando das recentes obras, que foi feito do sotão.

E porque o jardim, num fim de tarde frio, mas algo soalheiro, convidada a ir até dar, foi ali que os sócios concluíram esta visita. Mas antes de abandonarem o local, quem não era leitor das BLX teve oportunidade de tratar de se inscrever e tratar do cartão para doravante ser mais um leitor da rede BLX.

E assim o Clube Millennium bcp proporcionou aos Associados mais um momento dedicado à cultura e ao convívio entre sócios. O nosso agradecimento à Direção da rede de Bibliotecas de Lisboa, por nos terem facultado esta visita, e à Dra. Anabela Santos, pela simpatia com que nos guiou.

Para aceder a mais algumas fotos, clique aqui.

Publicado em 09/02/2018