Login
Nº Sócio
Pin
    
 

Palácio de Beau Séjour visitado pelos nossos Associados


Construído como casa de veraneio, mas também como palácio de apoio das grandes viagens que à época se faziam desde o Terreiro do Paço até Sintra


Partindo da baixa da cidade até ali, a 18 de janeiro, era necessário percorrer uma distância de oito quilómetros, e, entre preparar o coche e percorrer esta enorme distância, passava-se uma manhã. Daí a necessidade de um palácio, pelo caminho, para fazer uma refeição e até passar a noite.

À época, pela atual Estrada de Benfica não havia mais do que algumas quintas, tanto que numa foto que nos foi mostrada, da altura em que já havia comboio, embora a vapor, vê-se o Convento de São Domingos de Benfica, sem casas no horizonte, assim como o atual Monsanto, que nada mais era do que uma elevação despida de qualquer árvore.

O palácio passou por diversos donos, sendo de momento propriedade da Câmara Municipal de Lisboa, onde funciona o Gabinete de Estudos Olisiponenses (GEO). No seu interior podemos ver notáveis pinturas nos tetos, bem como belos gessos. Também aquele candeeiro a gás, que foi uma surpresa para todos. E a sua decoração, tão fora do comum. Desde os quadros em porcelana, até um candeeiro que, dependurado do teto, está decorado com cachos de uva, obra dos irmãos Malhoa.

A visita valeu também pela muito interessante explicação que a guia nos deu sobre a história de vida daquele palácio e dos que lá habitaram.

Para ver mais fotos, clique aqui.

Publicado em 22/01/2018