Login
Nº Sócio
Pin
    
 

Bigfoot Júnior


Para que a família nunca seja esquecida


Bigfoot Júnior, é um filme de animação de produção franco-belga. Talvez por isso e estando nós habituados a ver animação pelos grandes estúdios americanos, poderão alguns ter estranhado o modus operandus do filme. Diferente, mas com uma mensagem bem definida. O sentimento de família está sempre presente.

Resumindo em poucas palavras, Adam é um adolescente que sempre se sentiu diferente. O cabelo cresce a uma velocidade estonteante de dia para dia e quando se enerva os pés teimam em sair das sapatilhas. É, permitam-nos a brincadeira, um Hulk onde só os pés se manifestam.

Um dia descobre que o pai (em relação ao qual a mãe lhe disse ter morrido), está vivo numa floresta. Toma então a decisão de ir à sua procura. E é aí que as surpresas vão aparecendo, a ele Adam, e a nós espectadores, pela forma direta como algumas cenas são tratadas, nomeadamente o adormecimento por dardos, o que causou nos mais jovens alguma apreensão.

Mas filme de animação que se preze acaba bem e por isso Adam, o seu pai Bigfoot e a mãe acabam todos juntos.

Duas notas finais. Rápidas. Há quem diga isto todos os domingos à noite. Os cenários do filme são fabulosos, como fabulosa também é a banda sonora de um filme que como se disse no princípio tem produção franco-belga. Mas não deixa os créditos por mãos alheias.

Da sessão ficam algumas fotos, para mais tarde recordar.

Publicado em 11/09/2017