Login
Nº Sócio
Pin
    
 

Clube Millennium bcp visita a Polónia e a Alemanha Imperial


Varsóvia, Cracóvia, Dresden e Berlim foram algumas das cidades visitadas de 3 a 11 de julho


Com início de viagem um pouco atribulado, atrasos nos voos e falta de duas malas, chegados a Varsóvia fomos diretamente para o previsto concerto de Chopin que a todos encantou.

Apesar da ligeira alteração de programa no dia seguinte foi possível visitar os principais pontos turísticos da cidade com destaque para o Castelo Real. Durante o jantar e como despedida da cidade assistimos a um espetáculo de folclore e música tradicional polaca.

Varsóvia é uma cidade bonita e moderna tendo a sua reconstrução mantido na sua grande maioria a traça dos edifícios anteriores à Guerra e que foram totalmente destruídos. A diferenciação entre o período comunista e a Varsóvia atual também está bem presente.

Saída de Varsóvia em direção a Cracóvia passando pelo Santuário de Czestochowa onde podemos ver a famosa e mundialmente devota imagem de Maria, a "Virgem Negra", venerada como Rainha da Polónia. Seguimos para o campo de concentração de Auschwitz/Birkenau, que recorda um período tenebroso e negro da civilização moderna que nos impressionou e nos deixou pensativos em como foi possível uma situação destas há tão poucos anos.

Começámos a visita nos arredores de Cracóvia às minas de sal gema de Wieliczka, fonte de riqueza da Polónia no passado e que hoje é Património da Humanidade. A extensão de galerias e a sua profundidade impressionaram.

Em Cracóvia visitámos o Castelo Real, a Catedral, o Bairro Judeu, onde foi filmado "A Lista de Schindler", e caminhámos pela enorme Praça Central (a maior da Europa). Cidade muito bonita e acolhedora. À noite tivemos um jantar acompanhado por música Klezmer tradicional judaica.

A caminho de Dresden visitámos Wroclaw, cidade de enorme beleza em que predominam os estilos Góticos e Renascentista. A região estava integrada na Alemanha antes da 2.ª Guerra Mundial e apesar da deslocação massiva de ucranianos no pós-guerra, ainda existem pormenores da sua influência. Percorremos a parte histórica, o mercado e visitámos a catedral.

Dresden, cidade massacrada durante a guerra, foi recuperada dando prioridade aos seus edifícios históricos onde se salienta o conjunto barroco "Zwinger", a Ópera Semper e a Catedral Católica. De tarde, visita do Parque Nacional da Suiça Saxónica que incluiu a fortaleza de Königstein com vistas maravilhosas sobre o vale onde corre o Elba e outros maciços rochosos de rara beleza.

Finalmente Berlim, capital da Alemanha, uma cidade monumental e com um passado intenso de história. Os restos do "muro da vergonha", o Reichstag, a Porta de Brandemburgo, o Checkpoint Charlie e o Museu Pergamon foram alguns dos locais visitados. Dois dias bem preenchidos numa cidade monumental que merece vários dias de visita.

Foi possível uma ida a Potsdam com visita aos jardins e ao Novo Palácio, um dos vários Palácios Reais que serviram de residência aos Reis da Prússia. Para despedida, um jantar na mais famosa cervejaria de Berlim, a Hofbräuhaus, com música típica alemã.

Uma viagem bem organizada com guias na sua maioria a falar português e com conhecimentos elevados da história dos locais visitados. Transportes, hotéis e refeições de bom nível, apenas com uma exceção num almoço em Berlim. Bom ambiente criado pelos participantes que proporcionaram um excelente convívio durante toda a viagem. Para recordar!

Publicado em 21/09/2017